Notícias

< voltar
11/Abr/2018 - 12:47 - Atualizado em 11/Abr/2018 - 14:19

Midhaz está entre as finalistas do prêmio Startup do Ano da ABCOMM

Startup mineira é acelerada pelo Acelera MGTI, da Fumsoft; resultado sai em 11 de abril


Por Redação
Coworking do Acelera MGTI, na Fumsoft, Belo Horizonte
Crédito: AceleraMGTI/Divulgação 

Acelerada pelo programa Acelera MGTI, da Fumsoft, a Midhaz está entre as finalistas do Prêmio ABCOMM de Inovação Digital da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico  (ABCOMM), na categoria de Startup do Ano. A Quarta edição do prêmio será nesta quarta, 11 de abril. A cerimônia de entrega será realizada em São Paulo, durante o evento DigitalizeME.

A categoria de Startup do Ano é disputada por empresas que são referência no mercado, como Gupy, ProgramaThor e Pegaki. O motivo da escolha da Midhaz para disputar a categoria é desconhecida até pelo seus fundadores. “A gente não sabe se a empresa foi escolhida pelo potencial de impacto de sua solução ou pelo estágio atual de crescimento acelerado que a empresa se encontra”, afirma o cofundador da Midhaz, Henrique Meireles.  Em apenas 06 meses de aceleração, os fundadores precisaram de reforços e, hoje, já são 14 pessoas trabalhando no coworking do Acelera MGTI. Meireles avalia que "apesar do faturamento da Midhaz estar distante da realidade de algumas empresas finalistas na competição, estamos confiantes que podemos ganhar esse desafio."

Mas afinal, qual a solução da Midhaz?

A Midhaz  surgiu com a missão de facilitar a vida do empreendedor, conectando fabricantes, revendedores e o cliente final, por meio de sua plataforma de ecommerce. A empresa utiliza a técnica de dropshipping, na qual o cliente vende sem ter o estoque físico do produto, auxiliando o empreendedor em seus primeiros passos. Sendo assim, a startup diminui o risco do empresário, tornando um processo burocrático e complexo em algo direto: você vende e eles cuidam do resto.

O CEO também pontua que startup tem como objetivo dar oportunidade para quem precisa ganhar um dinheiro extra e não consegue, seja pelo excesso de burocracia ou alto investimento. Meireles também acredita que a participação na premiação pode trazer visibilidade para a startup, “nossa missão na Midhaz é enraizar o empreendedorismo e democratizar o comércio eletrônico no Brasil, nossa plataforma é apenas uma ferramenta para conseguirmos isso, um evento desse porte tem o potencial de nos ajudar a impactar muita gente”.


Confira abaixo todas as categoria do Prêmio ABCOMM:

Melhor Profissional E-commerce

Melhor Profissional de Mídias Sociais

Melhor Profissional Marketing Digital

Melhor Empreendedor Digital

Destaque em Serviços

Melhor Plataforma de E-commerce

Melhor Agência de Performance

Ferramenta de Marketing Digital

Destaque em Tecnologia Web

Logística no E-commerce

Startup do Ano

#fumsoft#premiação#aceleramgti#startupdoano#MidhazFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.