Notícias

< voltar
30/Set/2016 - 13:24 - Atualizado em 30/Set/2016 - 13:58

Nexer vence Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação

Cerimônia de entrega do prêmio ocorreu no último dia 29, em São Paulo, durante Seminário Brasil-Alemanha de Inovação


Por Redação Belo Horizonte
Vencedores da edição 2016 do Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação
Crédito: AHK São Paulo/Becaclick

A startup mineira Nexer, venceu ontem, 29 de setembro, o Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação, na categoria ‘Mobilidade’. A premiação acontece desde 2013, tradicionalmente após o Seminário Brasil-Alemanha de Inovação, promovido pela Câmara Brasil-Alemanha de Indústria e Comércio. A edição de 2016 do Prêmio registrou um total de 222 startups inscritas nas seis categorias.

Foram premiadas, durante o evento, as startups brasileiras com maior pontuação em cada categoria, e apenas uma alemã na categoria “Alemanha”. As três startups brasileiras finalistas em cada categoria concorrerão automaticamente a uma vaga no programa de aceleração AHK Startups Accelerator, também iniciativa Câmara Brasil-Alemanha.

A Nexer apresentou uma solução que visa transformar carros comuns em carros conectados, ajudando os motoristas com uma condução mais consciente, econômica e segura. A solução utiliza técnicas de machine learning e dados gerados por smartphones para determinar o perfil do motorista, entender o desempenho do carro, prever falhas, determinar ações para melhorar o consumo de combustível etc.

O CEO da Nexer, Danilo Mattos ressaltou a importância do prêmio “Haviam muitas startups participando, e estar entre as melhores, ganhar este selo e a validação do mercado por tudo que a Nexer têm construído é muito importante para dar sequência no nosso trabalho, sobretudo pelo fato de estarmos expostos desta maneira”

Os vencedores brasileiros

Além da Nexer, a Solum, foi vencedora da categoria Cidades do Futuro, e apresentou uma solução para tratamento de resíduos classe 1 (perigosos). A solução baseia-se em uma tecnologia inovadora patenteada e batizada de “Duo Therm”, capaz de processar resíduos de qualquer classe com vantagens em relação a qualquer outra tecnologia hoje existente no mercado nacional e internacional.

A Bio Bureau Biotechnology, vencedora da categoria Ciências da Vida, apresentou uma solução para remover resíduos de metais (até 90%) tornando águas e metais poluídos aptos ao reuso. A solução, batizada de Heavy Metal Coletor, utiliza engenharia genética para construir proteínas que são usadas como base para a proposta apresentada.

A Prosas, vencedora da categoria Cultura, apresentou uma solução, plataforma online, para investidores e empreendedores sociais se relacionarem e gerirem seus projetos por meio de ferramentas de monitoramento e análise. A solução consiste em um marketplace, na lógica de um SaaS, que atende um público ainda pouco explorado por empresas com soluções similares, porém para outros nichos.

A Oxiot, vencedora da categoria Digitalização, apresentou uma solução para monitorar o consumo de oxigênio medicinal por paciente via Internet das Coisas ofertando gestão logística e clínica em tratamentos feitos em casa, consultórios ou hospitais. A inovação consiste em um dispositivo que é acoplado externamente a fluxômetros comuns.

*Com informações da Câmara Brasil-Alemanha de Indústria e Comércio

#seed#prêmio#nexer#AHKFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.