Notícias

< voltar
02/Abr/2018 - 09:42 - Atualizado em 02/Abr/2018 - 11:14

Philips anuncia lâmpada que transmite internet pela luz

Luminárias são equipadas com um modem que modula a luz de LED com intensidade e frequências altas; velocidade chegaria a 30mb/s


Por Redação Belo Horizonte

A Philips Lighting, que passará a se chamar Signify, anunciou uma nova tecnologia para suas lâmpadas. Agora, os produtos da empresa contam com Li-Fi, uma inovação que transmite internet por meio da luz. As novas lâmpadas de LED utilizam ondas de luz para realizar a conexão com a banda larga e permitem a transferência de dados entre dispositivos.

A empresa é a primeira do segmento a comercializar luminárias com a tecnologia Li-Fi, que segundo testes, pode ser até 100 vezes mais rápido que o Wi-Fi. Aliás, a diferença entre as duas redes é que a tradicional utiliza frequências de rádio, enquanto a nova usa ondas de luz para propagar o sinal. Tal diferença promete uma conexão com mais estabilidade e mais rapidez. De acordo com a fabricante, a velocidade chegaria a 30Mb/s sem comprometer a iluminação.  

A Philips aponta, ainda, que o Li-Fi é indicado para lugares onde existem equipamentos que não podem sofrer interferências de radiofrequência, como hospitais. Outro uso indicado seria para locais em que o sinal Wi-Fi não consegue alcançar ou é fraco, como ambientes subterrâneos e subaquáticos. O Li-Fi é mais seguro que o Wi-Fi, garante a empresa, pelo fato de a luz não conseguir ultrapassar paredes.

Por enquanto, para utilizar a tecnologia, o usuário precisa conectar um dispositivo externo (dongle) à entrada USB do notebook ou tablet para começar a transferência de dados. O aparelho detecta a luz da luminária e retorna os dados para a lâmpada por meio de um link infravermelho. Além disso, a luz precisa estar acesa para manter o acesso à internet, mesmo que a iluminação não esteja em seu nível máximo.

Apesar disso, a expectativa é que, no futuro, a tecnologia seja incorporada de forma nativa nos dispositivos.

#inovação#tecnologia#internet#informaçãoFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.