Notícias

< voltar
29/Dez/2017 - 10:00 - Atualizado em 28/Dez/2017 - 16:43

Prótese que faz “ponte” entre cérebro e músculo devolve movimento a deficiente físico

Implantes no cérebro enviam sinais ao membro diretamente; sistema contorna os efeitos das lesões na medula


Por Redação Belo Horizonte

Um acidente de bicicleta mudou completamente a vida de Bill Koshevear. "Estava fazendo uma viagem de 240 km de bicicleta. Chovia muito. Estava atrás de um caminhão do correio, a uma boa distância. Mas ele parou para uma entrega e fui direto na traseira do caminhão", conta.

O acidente foi há oito anos e, desde então, Bill está paralisado dos ombros para baixo. Mas agora, com a ajuda de uma prótese que faz “ponte” entre o cérebro e o músculo, Bill consegue mover o braço novamente.

Implantes no cérebro enviam sinais ao membro diretamente. O sistema contorna os efeitos das lesões na medula. "As pessoas precisam fazer por mim coisas que não consigo mais fazer. Precisam me virar a cada duas horas. Se quero água, eles precisam me dar", relata.

Agora, com o uso da tecnologia, Bill pode comer e beber sozinho. A esperança é que a prótese dê a ele e outros pacientes mais independência. "Essa pesquisa ampliou minha capacidade de fazer as coisas”, comemora.

Confira abaixo o vídeo produzido pela BBC com a demonstração da prótese.

#ciência#acessibilidade#próteses#cérebro#lesãoFavoritar

Fonte: BBC

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.