Notícias

< voltar
28/Mar/2017 - 13:46 - Atualizado em 28/Mar/2017 - 13:51

Professor Nívio Ziviani conquista prêmio Bom Exemplo 2017

Engenheiro mecânico é professor emérito da UFMG e conquistou o prêmio na categoria Inovação


Por Redação Belo Horizonte
Crédito: UFMG


Nívio Ziviani é um dos nomes mais atuantes do ecossistema de empreendedorismo em Minas Gerais e de startups. Além de engenheiro mecânico e professor emérito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), ele é um grande articulador para a efetiva implantação e desenvolvimento do Parque Tecnológico de Belo Horizonte, o BH-Tec. Como reconhecimento de uma vida dedicada à inovação, Ziviani foi o vencedor do prêmio Bom Exemplo 2017.

Desde que se formou, em 1971, Nívio não deixou a sala de aula e dá aula há 40 anos na UFMG. Apaixonado por tecnologia, aos 70 anos, Ziviani tem um currículo de dar inveja. Ele criou o curso de graduação de Ciência da Computação da UFMG, ajudou a fundar vários departamentos de pesquisa e já fundou três empresas, uma delas, a Miner foi vendida em 1999 para a gigante americana: a Google.

Entre os milhares de livros que compõem o acervo da biblioteca da universidade está a obra Projeto de Algoritimos. De autoria do professor, o livro tem mais de 20 mil cópias vendidas.

Nívio também atua nas áreas de algoritmos, recuperação de informação, sistemas de recomendação, compressão de textos, aprendizagem de máquina e áreas relacionadas.

Pelos bytes do sucesso

Nívio Ziviani formou-se em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1971, fez mestrado em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro em 1976 e doutorado em Ciência da Computação - University of Waterloo, em 1982. É professor emérito do Departamento de Ciência da Computação da UFMG e presidente do Conselho de Tecnologia da Kunumi.

Na UFMG, o professor Nívio Ziviani coordena o Laboratório para Tratamento da Informação (LATIN). É membro titular da Academia Brasileira de Ciências, membro da Ordem Nacional do Mérito Científico na classe Comendador, tendo recebido o prêmio Mérito Científico 2011 da Sociedade Brasileira de Computação. É cofundador da Miner Technology Group, vendida para o Grupo Folha / UOL em junho de 1999, Akwan Information Technologies, vendida para a Google Inc. em julho de 2005, Zunnit Technologies (2009), Neemu Technologies (2010) e Kunumi (2016).

#inovação#tecnologia#ufmgFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.