Notícias

< voltar
13/Jul/2017 - 13:36 - Atualizado em 13/Jul/2017 - 16:32

Programa catarinense recebe startups de Minas Gerais para mais uma rodada de aceleração

Darwin Starter selecionou maioria de negócios mineiros, paulistas e gaúchos


Por Franco Serrano/SIMI Belo Horizonte

O programa de aceleração Darwin Starter, com sede em Florianópolis, inicia sua terceira turma de aceleração em julho. A maior parte dos novos negócios vem de São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre - no total, 70% das selecionadas são de fora de Santa Catarina.

As empresas foram escolhidas pelo seu potencial de mercado e espírito inovador e passaram por um funil que contou com 300 startups inscritas. As empresas nascentes selecionadas atuam nas áreas de seguros, telecom, big data e fintech.

Investimento

Os selecionados receberão investimento inicial de R$ 170 mil em troca de participação minoritária. Além do aporte financeiro e do acompanhamento dos parceiros corporativos, as empresas contarão com assessoria jurídica e contábil, acompanhamento psicológico dos empreendedores, coworking para trabalhar, ciclos de capacitação e ferramentas para apoiar o desenvolvimento da startup. No total, os serviços oferecidos durante o período de aceleração podem chegar a R$ 500 mil em benefícios, entre eles acesso a Cloud Service, CRMs e ferramentas de marketing.

Consolidação

O Darwin está na sua terceira rodada de aceleração. A primeira turma foi a única que não contou com o apoio dos parceiros corporativos e mesmo assim, cinco das dez empresas aceleradas naquele ciclo receberam novos investimentos que totalizam cerca de R$ 6 milhões. Hoje, a aceleradora é procurada por empresas não tão iniciais pela oportunidade de aproximação com as organizações parceiras.

A Meetime desenvolve um software que facilita as operações de Inside Sales, uma estratégia comercial utilizada por empresas para fazer vendas remotas, e participou do primeiro ciclo. Durante esse processo duplicou o número do time, cresceu seu quadro de clientes em oito vezes e aumentou em 900% seu faturamento.

Diego Wagner, CEO da Meetime, destaca o apoio de profissionais experientes como fator importante para o desenvolvimento da empresa: “Encontramos no Darwin o apoio de mentores especialistas no nosso mercado de atuação e que conseguiram nos ajudar a encontrar os talentos que precisávamos para aprimorar nossos processos e crescer”.

#minasgerais#startups#aceleração#DarwinStarter#santacatarinaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.