Notícias

< voltar
20/Jul/2017 - 15:20 - Atualizado em 20/Jul/2017 - 15:33

Empresas mineiras se destacam em seleção para o programa Startup-Indústria

Programa do Governo Federal selecionou 100 startups na primeira fase; no top 5, três são de Minas Gerais


Por Renato Carvalho/SIMI Belo Horizonte

O Programa Nacional Conexão Startup-Indústriainiciativa do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI),  divulgou a lista das 100 startups selecionadas para a sua primeira etapa.

Como de praxe, várias startups mineiras se destacaram e foram selecionadas. Das cinco melhores classificadas, três são de Minas Gerais. A Lett Insights, de Belo Horizonte, garantiu a primeira colocação, a Trackagede Uberaba, a segunda posição. De Santa Rita do Sapucaí, a Photon Tic ocupou o quinto lugar no ranking.

Várias outras startups mineiras compõem o rank. A relação completa das selecionadas você encontra aqui

O Programa

Esta é a primeira edição do programa, lançado em setembro de 2016. O Startup-Indústria, que vai investir R$ 10 milhões em startups, é dividido em três etapas.

Segundo explica Rodrigo Carvalho, cofundador e diretor de operações da Lett Insights, a primeira etapa foi a seleção das 100 startups de todo o Brasil que tenham soluções para a indústria. Além das empresas, 10 indústrias foram selecionadas e 17 instituições de apoio foram selecionadas para participarem do programa.

“Na primeira fase as startups apresentaram seus modelos de negócio, tração da empresa, quais clientes possuem, quanto tempo têm de mercado, como está o seu crescimento, além de quais oportunidades o empreendedor vê para atender a indústria”, explicou.

Já na segunda etapa, das 100 empresas selecionadas, apenas 40 seguem adiante. As 10 indústrias selecionadas vão escolher quatro startups para a realização de uma prova de conceito, com duração de seis meses. Nesta fase, o programa disponibiliza para cada startup R$ 80 mil em prêmio, que pode ser usado para desenvolver a prova de conceito.

Ao final desse processo, cada indústria seleciona uma das quatro startups para a etapa de piloto. Neste estágio, a empresa selecionada prestará serviço para a indústria e ganhará mais R$ 200 mil do programa para continuar o desenvolvimento do produto.

#empreendedorismo#startups#negócios#investimentosFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.