Notícias

< voltar
09/Out/2017 - 08:00 - Atualizado em 09/Out/2017 - 12:00

Projetor de hologramas de startup brasileira é lançado no crowdfunding Kickstarter

A Holobox quer tornar a experiência acessível a todos os apaixonados por desenhos animados, jogos e filmes


Por Redação Belo Horizonte


É fã de personagens de desenhos animados, jogos ou filmes? Costuma colecionar miniaturas desses astros? Já imaginou ter em sua casa hologramas que se encaixam perfeitamente aos colecionáveis em uma visualização tridimensional de 180º? Essa é a proposta da startup brasileira Holobox: dar vida a essas miniaturas. Mas agora eles querem tornar essa experiência mais acessível a todos os apaixonados por desenhos animados, jogos e filmes por meio de um financiamento coletivo no Kickstarter.

O projeto de holograma, homônimo da startup, funciona por meio de princípios físicos de ótica gerando imagens virtuais ao redor de objetos, o que permite uma incrível imersão holográfica. Segundo os fundadores, a startup já tem um acervo exclusivo de hologramas criados sob medida para diversos colecionáveis.

O Holobox foi criado a partir da vontade de tornar real a imaginação de seus idealizadores, os designers Bruno Zanetti Westin, Adriano Zanetti Westin e o empresário Luis Otávio F. Cardoso. Eles imaginavam o quanto seria incrível se os personagens colecionáveis manifestassem seus poderes de forma visível e descobriram que não estavam sozinhos. Ao lançarem um vídeo no Youtube do projeto experimental com o personagem Goku, do anime Dragon Ball, a startup obteve mais 3,4 milhões de visualizações. Clique aqui para assistir. 

O sucesso foi tão grande que outros vídeos já foram divulgados e todos atingiram um grande número de visualizações e compartilhamentos. Além disso, eles foram comentados por diversos sites especializados, como Le Monde, TecMundo, Kotaku e 9GAG. De acordo com a Holobox, diversas pessoas de todo o mundo manifestaram interesse em adquirir esse projetor de hologramas.

Holobox no Kickstarter

No dia 12 de setembro, eles lançaram o projeto no Kickstarter, um dos maiores sites de financiamento coletivo do mundo. Aqueles que se interessarem podem contribuir para a viabilização do projeto e até receber um projetor em agradecimento ao incentivo, dependendo do valor do apoio. 

A meta do financiamento é atingir US$ 150 mil, o que, segundo eles, vai viabilizar a produção industrial, licenças e o desenvolvimento do software. O preço mínimo para apoiar o projeto e receber em troca o produto é US$ 599, ou seja, R$ 1.877 aproximadamente. A expectativa é de que o Holobox chegue aos apoiadores a partir de janeiro de 2018.

Sobre a Holobox


A Holobox foi fundada em dezembro de 2015 pelos designers Bruno Zanetti Westin, Adriano Zanetti Westin e pelo empresário Luis Otávio F. Cardoso e em 2017 expandiu sua operação para Miami, nos Estados Unidos. O produto já foi exposto ao público em duas edições da CCXP SP, maior evento de cultura pop do mundo (2015 e 2016). Atualmente, a empresa participa da segunda fase do programa de aceleração de startups FIEMG LAB (http://www.fiemglab.com.br/).

Confira abaixo o vídeo da campanha do Kickstarter:

#FiemgLAB#holobox#projetordeholograma#holograma#colecionáveis#animesFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.