Notícias

< voltar
08/Ago/2016 - 10:38 - Atualizado em 23/Abr/2018 - 15:29

Quatro projetos apresentados no Inova Minas vão participar da Finit

Além da participação no evento, os ganhadores receberão mentoria da Tropos Lab, para poder melhorar a apresentação dos projetos


Por Alysson Lisboa / Simi

Estudantes de fisioterapia usam realidade aumentada como tecnologia para tratamento As alunas Isabela Peres, Marília Andrade e Adriana Piccini desenvolveram um sistema que usa realidade aumentada para ajudar pacientes de fisioterapia

O terceiro e último dia do Inova Minas, evento realizado na Praça da Liberdade pela Fapemig, Simi e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, contou com grande adesão da população e participação ativa de estudantes e pesquisadores. No museu MM Gerdau, local que ocorria parte das amostras, foi divulgado o nome dos quatro projetos que irão participar da Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia (Finit), em novembro, no Expominas. Durante três meses, os ganhadores receberão mentoria da Tropos Lab, para poder melhorar a apresentação dos projetos.

Os 40 expositores realizaram treinamento de pitch na sexta-feira durante workshop realizado pela Tropos Lab. Quatro deles foram selecionados por apresentarem projetos que estão mais conectados ao mercado e também com maior potencial para se transformarem em produto. A divulgação dos ganhadores foi feita pelo professor Evaldo Vilela, presidente da Fapemig, por Paulo Renato, diretor do Instituto Inovação e Tropos Lab, e por Leonardo Dias, subsecretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Governo de Minas.

O projeto que pretende democratizar o uso da energia eólica, Karina Costa e Arcilan Trevenzoli, da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), foi um dos quatro grupos escolhidos. "É um sonho que se realiza", comemora Karina. Para o subsecretário Leonardo Dias, o Inova Minas, que aconteceu pela primeira vez na Praça da Liberdade, possibilitou uma maior aproximação entre as universidades e a sociedade. Para ele, "precisamos transformar pesquisa em produto e, assim, aumentar a velocidade da mudança da nossa economia".

Outro projeto que também participará da Finit é do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal de Alfenas (Unifal). As alunas Isabela Peres, Marília Andrade e Adriana Piccini desenvolveram um sistema que usa realidade aumentada para ajudar pacientes a fortalecer os músculos pélvicos. "Estamos impressionadas com a aceitação dos pacientes", comenta Isabela. "Poder participar da Finit ajudará muito na divulgação do nosso trabalho", comemoram as estudantes.

Para o professor Evaldo Vilela, presidente da Fapemig, Minas tem uma das melhores comunidades de pesquisadores do Brasil. "Precisamos mostrar que aqui em Minas Gerais se faz ciência de alto nível. É fundamental que a sociedade participe criando pautas para a pesquisa", completa o professor.

O refrigerante do bem, bebida láctea de baixo custo que utiliza leite e soro de leite,O refrigerante do bem, bebida láctea de baixo custo que utiliza leite e soro de leite

O refrigerante do bem, bebida láctea de baixo custo que utiliza leite e soro de leite, também foi um dos premiados divulgados no domingo. Idealizado por Junio César, Danise Sobra, Paulo Henrique Fonseca e Paula Henrique Costa, o projeto tem apoio da Epamig. O outro projeto vencedor foi o compensado de borracha da JCF Soluções em Resíduos, que utiliza cabos elétricos e pneus descartados para produção de compensados que podem ser utilizados na construção civil. O projeto está sendo realizado pelos pesquisadores Fernando Baldez, Augusto Araújo e João Valadão.

Vem aí a maior feira de inovação de Minas Gerais

A Finit, Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia, acontece de 9 a 13 de novembro no Expominas e vai concentrar três eventos: a Campus Party, a 100 Open Startups e a DemoLatam. Todos as feiras acontecem simultaneamente e devem atrair investidores, estudantes, acadêmicos e demais interessados no tema tecnologia e inovação.

 Favoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.