Notícias

< voltar
04/Abr/2017 - 10:21 - Atualizado em 04/Abr/2017 - 11:54

Sebrae e CNPq preveem investimento de R$134 milhões para pesquisa de alto impacto

Acordo permitirá inovação em aproximadamente 72 mil pequenos negócios


Por Redação Belo Horizonte
Crédito:  USP/Divulgação

O Sebrae e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) anunciaram, na semana passada, a formalização do terceiro acordo de cooperação que vem sendo firmado entre as duas entidades desde 2010. Destinado à concessão de bolsas a Agentes Locais de Inovação (ALI) para acompanhamento de projetos inovadores nos pequenos negócios, o programa ALI busca ajudar as micros e pequenas empresas a implantar novas práticas, com tornando-as mais competitivas.

Segundo informações divulgadas pelas instituições, serão oferecidas 4.673 bolsas a empresas de pequeno porte. O acordo contará com aporte de R$ 134 milhões por parte do Sebrae e a parceria pode vir a beneficiar 73,2 mil empreendimentos. Além disso, espera-se que sejam produzidos, ao longo do período, 3.660 artigos sobre os projetos desenvolvidos.

“O objetivo do acordo é viabilizar um novo formato para o Programa ALI, tendo como foco a implementação da Gestão da Inovação nos pequenos negócios com potencial inovador e de alto impacto”, explica o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Números comprovam que esta parceria já é um sucesso. Segundo nota divulgada no site do Sebrae, ao longo destes sete anos, já foram concedidas cerca de 6.850 bolsas para acompanhamento de mais de 120 mil pequenas empresas. Também foram elaborados 2,8 mil artigos pelos agentes, o que proporcionou o compartilhamento do conhecimento no âmbito do projeto.

Dessa forma, o projeto se consolida como um forte ator no estímulo da inovação tecnológica e diferencial competitivo para as empresas de pequeno porte. “Hoje, mais de 30% do orçamento do Sebrae são destinados à inovação”, afirma Afif.

#inovação#ciência#Sebrae#investimento#cnpq#parceriaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.