Notícias

< voltar
19/Fev/2018 - 08:00 - Atualizado em 23/Abr/2018 - 15:07

Sistema possibilita economia de água e energia na lavoura

Pesquisa apoiada pela FAPEMIG viabiliza irrigação otimizada evitando o desperdício


Por Redação

A palavra de ordem é economia. Atitudes sustentáveis, que preservem o meio ambiente, ganham cada vez mais espaço entre os negócios. Alinhada a esse pensamento, a IrrigoSystem - Sistema Automático de Irrigação - propõe um conjunto de soluções que possibilita a economia de água e energia elétrica em lavouras.

O sistema automático para irrigação disponibiliza uma estação que consegue monitorar o solo, alimentada por energia solar. Assim, a irrigação otimizada é realizada de maneira mais assertiva sem o desperdício.

O projeto faz parte de uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e está em teste de campo há cerca de um ano. “Os resultados são bastante satisfatórios, no entanto, toda pesquisa requer aperfeiçoamentos e atualizações para que possa acompanhar os avanços tanto da sociedade quanto do estado da técnica”, afirma o coordenador Alan Kardek.

Os próximos passos envolvem a instalação do projeto junto a um sistema de irrigação de larga escala. Isso vai permitir uma avaliação a respeito da economia de água e energia elétrica proporcionados, assim como a produtividade da lavoura. “A maior dificuldade que enfrentamos é a burocracia para realizar as compras relacionadas ao projeto. O procedimento é muito demorado e toma muito tempo dos pesquisadores envolvidos”, lamenta o pesquisador.

O projeto é apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG) e teve seu pedido de patente depositado ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) em 2013.

#pesquisa#sustentabilidade#agriculturaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.