Notícias

< voltar
13/Abr/2017 - 07:00 - Atualizado em 12/Abr/2017 - 17:31

Startup de BH permite alugar imóveis online

Serviço da Lockey está disponível para Belo Horizonte e Nova Lima; é possível alugar fiado


Por Redação Belo Horizonte


Alugar um imóvel requer, na maioria das vezes, muita paciência para lidar com todos os trâmites. Pensando em facilitar a vida de quem precisa se mudar e deseja alugar um novo canto para chamar de seu, uma startup brasileira desenvolveu um sistema para facilitar a vida dessas pessoas.

Com sede em Belo Horizonte, a Lockey oferece uma plataforma online na qual os processos são 100% digitais: assim que uma proposta é enviada, o proprietário do imóvel é imediatamente notificado. Os documentos têm cópias digitais e não há a necessidade de ir à imobiliária.

Outra facilidade oferecida é o agendamento de visitas, de forma online, sem a necessidade de ir até a imobiliária para pegar chaves ou deixar documentos. No dia e horário marcados, um agente da empresa acompanha a visita. A startup também oferece a possibilidade de alugar o imóvel sem fiador. Isso só é possível porque a Lockey paga o seguro-fiança sem cobrar nenhuma taxa adicional dos usuários.

Segundo o porta-voz da startup, Saulo Miranda, o maior desafio da startup foi desenvolver uma solução para que o cliente encontre o que procura e consiga alugar com agilidade. “Para isso, simplificamos o processo, sem documentação extensa, tudo online”.

A Lockey ainda cuida de toda a burocracia. Até o contrato é elaborado e assinado online, segundo um porta-voz da startup. No momento, a empresa oferece o cadastro e aluguel de imóveis para a região da Grande Belo Horizonte, em Minas Gerais. A companhia tem o objetivo de expandir suas operações para outras grandes capitais do país ainda neste ano.

De acordo com a empresa, em breve serão lançados os aplicativos para Android e iOS.

#empreendedorismo#inovação#startup#aluguel#moradiaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.