Notícias

< voltar
12/Set/2016 - 00:00

Startup lança primeiro caixa eletrônico 100% brasileiro de Bitcoins

Equipamento voltado para a moeda eletrônica fica na sede da empresa BitcoinToYou, em Betim


Por Redação
No caixa é possível depositar notas de real para carteiras virtuais dos usuários.
Crédito: Reprodução

A BitcoinToYou, startup brasileira que compra e vende Bitcoins, lançou o primeiro caixa eletrônico a operar a moeda virtual. A novidade fica na sede da empresa, em Betim (MG), e é similar aos caixas tradicionais, com a diferença de apenas ser possível depositar em real para carteiras virtuais dos usuários. Os Bitcoins podem ser usados para pagar contas, boletos e fazer transferências a partir do aplicativo da empresa.

Os caixas de Bitcoins além de serem um atrativo para um público ansioso por novidades tecnológicas, surgem como alternativa para uma parcela grande da população brasileira que não utiliza – ou não está satisfeita – com serviços bancários. E o funcionamento é bem simples, conta o diretor da BitcoinToYou. André Horte. "Basta criar um login em nosso site ou app, inserir o CPF no caixa e depositar o dinheiro vivo, que fica disponível como real ou é convertido em Bitcoin, conforme a preferência do cliente".

A empresa deve lançar novos caixas eletrônicos em São Paulo e Brasília ainda neste mês de setembro. A meta da BitcoinToYou é alcançar 10 máquinas até o final deste ano e 100 até 2017, além de vender os caixas para o varejo.

Sobre Bitcoins
Bitcoin é uma forma de dinheiro, assim como as moedas tradicionais como o Real, Dólar ou Euro. A diferença é que o Bitcoin é digital e não é emitido por nenhum governo. O seu valor é determinado livremente pelos indivíduos no mercado. É uma boa forma de pagamento para transações online, pois é rápida, barata e segura.

Foto: Reprodução
Legenda: No caixa é possível depositar notas de real para carteiras virtuais dos usuários.

#inovação#startup#economia #bitcoin#dinheiro#betim#BitcoinToYouFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.