Notícias

< voltar
12/Abr/2017 - 08:00 - Atualizado em 12/Abr/2017 - 08:56

Startup usa seu modelo de negócio para ajudar animais abandonados

A cada ação realizada pelo usuário por meio do site, uma doação é feita para ONGs de apoio aos animais


Por Redação Belo Horizonte
Equipe Petbee e voluntários do MAC durante feira especial de adoção, em parceria com a loja Bike Vale, em Ipatinga
Crédito: Jaqueline Maria Cândido

A startup mineira Petbee criou um modelo de negócio sustentável em benefício de animais abandonados. A empresa, que está presente no Vale do Aço mineiro e em Belo Horizonte, viabiliza uma doação para as organizações não governamentais (ONGs) de proteção animal toda vez que um tutor agenda um serviço para o próprio pet.

Pela plataforma digital, o dono do animal pode escolher a cidade e agendar banho e tosa, consultas, vacinas e exames com parceiros do site. Sem pagar nada a mais por isso, o agendamento online gera uma doação para a ONG Meu Amigo Cão, no Vale do Aço, e para Cão Viver, na Grande BH.

“Com as doações, a entidade pode desenvolver ainda melhor o seu trabalho, e cuidar de cada vez mais animais, tirando-os das ruas e de situações de risco, dando a eles uma vida digna, em busca de um novo lar”, explica a sócia-diretora da Petbee Marcele Pena.

Para o assessor de imprensa da ONG Meu Amigo Cão, Jorge Buratti, a parceria com a startup é muito bem-vinda. “O Petbee dá uma fonte de doações sustentável para as ONGs continuarem a salvar vidas. Isso só reforça que apenas por meio do apoio de todos será possível mudar a realidade de descaso com os animais abandonados nas ruas", detalha.

#empreendedorismo#startup#solidariedadeFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.