Notícias

< voltar
23/Mar/2016 - 11:42

Vai casar? Conheça a startup mineira que personaliza sites para casamentos

O mês das noivas se aproxima e a startup de ex-alunos da UFMG e da UFV inova com sites personalizados para casamentos e formaturas


Por Da redação Belo Horizonte

Inovar! Este é um dos principais objetivos dos noivos na hora de planejar o casamento. Cada detalhe deve ser personalizado, diferenciado e tudo deve ser pensado com carinho, desde a escolha das flores até o convite.

De olho na personalização que um grupo de ex-alunos da UFMG e da UFV se uniram para criar a startup Felicitous. No site, os noivos podem disponibilizar as principais informações sobre o grande dia como local, a história do casal, lista de presentes etc. Podem, também, fazer alterações no layout de acordo com suas demandas.

A startup oferece também recurso que converte os presentes escolhidos pelos convidados em dinheiro. Assim, os noivos podem utilizar a verba para ajudar nos custos da lua de mel ou até mesmo com as despesas da festa. Além de casamento, o site também desenvolve páginas para formaturas, festas de 15 anos, bodas e outros eventos.

Números expressivos
Em 2016 a Felicitous já comemora o marco de 1,2 mil eventos cadastrados em sua plataforma. A expectativa é que para o mês de maio, o mês das noivas, este número aumente em 300% em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com o CEO Ronnan Del Rey, “Os clientes nos escolhem por oferecermos um atendimento impecável que garante toda facilidade na montagem do site e também pela personalização completa dos modelos ", comemora.

Expansão Nacional
Localizada em Belo Horizonte, a startup já conta com mais de 200 parceiros distribuídos em mais de 40 cidades de Minas Gerais e em todas as capitais do país. A projeção para este ano é de movimentar 950 mil reais em transações financeiras realizadas com os presentes virtuais.

 Favoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.